Afinal Quando Jesus Voltará?

Afinal Quando Jesus Voltará?

Tempos finais: a hora de Deus ou coisa de malucos?  [Acontecimentos impressionantes resultam num] caos de "profecias" e previsões sobre a aproximação do tempo do fim. Cristãos também participam dessas especulações, apesar da Bíblia proibi-las: "Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá" (Mt 24.44). Ele virá "como ladrão"; é o que está escrito no último livro das Sagradas Escrituras (Ap 3.3). Mas o bom-senso e a razão nos aconselham a pensar no perigo de "um apocalipse encenado por mãos humanas contra a vontade de Deus". 

  Esse perigo é hoje maior do que no tempo da Guerra Fria, onde o instinto de sobrevivência dos poderosos deste mundo ajudou a evitar um confronto nuclear. Mas esse instinto de autopreservação normalmente não existe para os terroristas religiosamente motivados. Por isso, especialistas em Genebra, Nova Iorque e Haia, em escritórios da ONU e sedes de outras organizações internacionais, acham muito provável que esses fanáticos tentarão tornar realidade o tempo do fim por "se sentirem chamados por Deus".

Longe de ser fantasia

 

Provavelmente não exista outra preocupação maior do governo dos Estados Unidos e de outros países do que o temor de terroristas virem a apoderar-se de armas químicas ou biológicas de destruição em massa para usá-las contra a população civil, para castigar "a sociedade corrompida" ou para pressionar as autoridades forçando algum tipo de concessão.

"Essa probabilidade cresce a cada dia...", disse um embaixador credenciado na "Organização Para a Proibição de Armas Químicas" (OPCW) em Haia. "Nos tempos da Guerra Fria questionávamos se essas armas seriam utilizadas algum dia. Hoje só nos perguntamos quando isto acontecerá."

Em linguagem clara, isso poderia acontecer da seguinte maneira: em um dia calmo de verão, sem vento, alguém poderia espalhar uma grande quantidade de gás paralisante no horário de maior movimento, em meio a um engarrafamento em Nova Iorque ou em Frankfurt, levando dezenas de milhares de pessoas à morte. Ou, pior ainda: durante a noite um terrorista sobrevoa Washington e despeja cem quilos de "Anthrax" sobre a cidade; seus bacilos multiplicam-se rapidamente nos corpos de pessoas e animais e provocam hemorragias internas mortais em um milhão de pessoas.

Esse cenário não é uma fantasia. Ele é resultado de um estudo do governo dos Estados Unidos. No início de 1999 a revista "Foreign Affairs", o periódico sobre política externa mais conceituado do mundo, trouxe informações a respeito desse assunto. O professor Richard K. Betts, diretor do Instituto para Pesquisa de Guerra e Paz da Universidade de Colúmbia em Nova Iorque, salientou que um acontecimento desses mudaria radicalmente a sociedade livre: "Imaginemos que uma seita islâmica secreta matasse 100.000 pessoas com uma bomba biológica e ameaçasse repetir o ato até o governo atender suas exigências. Uma reação de pânico do nosso sistema judiciário seria bem plausível em um caso desses. Todos os americanos de origem árabe poderiam ser presos em campos de concentração, como aconteceu depois do início da Segunda Guerra Mundial com os cidadãos americanos de origem japonesa." (Abendland)

  Na verdade ninguém, a não ser Deus, sabe quando acontecerá a volta de Jesus. O Senhor enfatizou em Atos 1.7: "Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou para sua exclusiva autoridade."

Precisamos distinguir claramente entre fatos, suposições e especulações. É fato que Jesus voltará. A suposição é que Ele virá muito em breve. Mas seria especulação tentar marcar a data da Sua volta.

Em nosso século e em outras épocas muitos já tentaram calcular a data da volta de Jesus. Foram estabelecidas datas bem exatas nas quais deveria acontecer o arrebatamento, mas sem exceção todas as previsões falharam.

Mas apesar de todos estes cálculos errados do passado, muitos cristãos sinceros e estudiosos da Bíblia – sem pretenderem marcar uma determinada data – estão de pleno acordo que nuvens de tempestades se ajuntam no horizonte da história da humanidade. Vivemos hoje em uma sociedade que não pode ser comparada a nenhuma outra anterior à nossa. Em nosso mundo acontecem coisas que apontam de maneira extremamente clara para a iminente volta de Jesus. Ninguém sabe dizer se isto acontecerá hoje, amanhã ou somente daqui a alguns anos. Mas todos os sinais apontam para o último grande alvo da história da humanidade.

 

“Estejam prontos”

“Estejam prontos”

Interessante é que quando planejamos uma Viagem seja para perto ou para Longe Pensamos em quase tudo para que tudo ocorra bem e assim nos preparamos antecipadamente, mas a inversão de valores está a um ponto que a vida espiritual é observada somente em momento que julgamos menos importante. justamente por isso que o Homem está vivendo tão longe de Deus.

A segunda vinda de Jesus é descrita, na Bíblia, como um evento do qual somente Deus tem controle e conhecimento sobre a data. No entanto, muitos líderes se aventuram anunciando terem descoberto o dia, e em todos os casos, a previsão falhou. Diante desse cenário, o pastor e evangelista Billy Graham aconselhou aos cristãos que parem de tentar adivinhar essa data e passem a se preparar.  Graham, que nos últimos meses vem se dedicando apenas a responder cartas que recebe em seu site, foi questionado por um leitor se alguém que se identifica como “guru espiritual” em sua cidade e alega ser “divino”, poderia, eventualmente, ser Jesus Cristo em sua segunda vinda.

O evangelista respondeu, objetivamente, dizendo que o “guru espiritual” definitivamente não é Jesus, já que que quando Cristo voltar à terra, será evidente para um monte de gente: “Eu posso dizer com confiança que essa pessoa não é Jesus – porque quando Jesus voltar, Ele virá do céu, com poder e glória, e toda a raça humana o verá”, escreveu.  Citando Mateus 25:31-32, que afirma que, quando o Filho do Homem vier de volta à Terra, “todas as nações serão reunidas diante dele”. Falando de forma urgente, disse para os fiéis deixarem de se preocupar sobre quando será, e passarem a se preocupar em como estarão no dia.

“Eu não sei, e nem qualquer outra pessoa. De fato, Jesus nos advertiu contra a tentativa de fazer previsões precisas sobre a sua vinda, ou mesmo afirmar que sabemos, embora ao longo dos séculos alguns tentaram (e falharam)”, pontuou. “Mas uma coisa eu sei: algum dia Cristo virá novamente – e então será tarde demais para nos arrependermos e sermos salvos. E mesmo que a morte venha para nós antes disso, agora – não depois – é o momento de colocar nossa fé e confiança n’Ele”, concluiu.

Fonte: gospelmais parafraseada por Eliseu Vieira Ramos

Po: Tiago Chagas

Muitos serão Pegos de Surpresa

Muitos serão Pegos de Surpresa

Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro. Mateus 25:6

Amados e amigos Leitores Repassem para seus contatos esta menssagem pois assim estará alertando a muitos, Att: Eliseu Vieira Ramos

Na madrugada do dia 27 de novembro de 2016, eu tive também outro sonho; Vou contar a parte que lembro-me, porque também, eu achei muito interessante.

Eu estava em um lugar parecia um banheiro de Shopping, havia outras pessoas, eu estava sentando em um banco no meio do banheiro e ao meu lado estava uma Senhora que conversava comigo.

E muitas mulheres entravam e saiam, a minha frente havia um sanitário que estava vazio, de repente, veio uma mulher, ela parecia está toda machucada, se contorcendo com dores de barriga, e ela empurrou a porta deste lugar vago e entrou, ela demorava muito ali, então, eu empurrei um pouco a porta para ver, e ela estava deitada no chão com o rosto debaixo do vaso, mas já não era vaso, era uma cadeira, e naquela cadeira estava sentado um anjo.

Então, eu sorrir e disse para a senhora do meu lado; é por isso que ela demora tanto, ela não é boba não, se jogou de cabeça, está restaurando as suas forças deitada no colo do anjo, e a mulher parecia está dormindo ali.

De repente nos levantamos e olhamos para frente, já não era um banheiro, mas uma enorme recepção, onde havia uma multidão de mulheres, de todas as idades, formas e jeito, e eu via mulheres que eu conheço e que eu não conheço, e todas estavam ansiosas, preocupadas porque estava esperando alguém, e eu sabia que era um príncipe.

Este príncipe, iria vir e  escolher quem Ele levaria, mas não conhecíamos ele.  

É como aquelas historias dos príncipes que reúnem as moças do palácio para escolher uma para casar.

Eu sabei que todas ali aguardava pelo noivo, e estava como se estivesse apaixonadas, mas o sentimento do meu coração era diferente, eu estava ansiosa e curiosa também, mas sentia muita paz, não sei explicar.

E eu via mulheres retocando o batom, outras passava as mãos nos cabelos e os colocavam por detrás das orelhas, outras passavam as mãos na roupa para ajustá-la no corpo, outras se viravam na frente dos espelhos para ver como estavam, todas estavam inquietas.

E nesta sala havia um corredor muito largo, que dava acesso para rua, e as mulheres estava todas nas imediações entre a sala e corredor, para ver a chegada do príncipe.

E uma senhora que estava no inicio do corredor gritou no tom muito alto: Lá vem o noivo!

Foi quando começamos a ouvir umas pisadas fortes de cavalo, e cada instante, se aproximava mais, muitas ficaram tensamente olhando para o corredor porque esperava que ele viesse por ali.

Foi quando a minha esquerda, havia ali uma muralha muito alta, tudo era fechado, logo, vimos abrir no tento uma grande buraco, parecia ser telha Eternit, e o clarão entrou naquele lugar parecendo um farol.

E todas nós, surpresas, ficamos olhando, não víamos o príncipe, porém, sabíamos que ele estava ali, no seu cavalo. Então, ele meteu as duas mãos pela aquela grande brecha, e nas suas mãos ele segurava um bebê que estava todo enrolado em vestes e manta branca, muito lindo.

Os braços do príncipe só entram até o cotovelo, ele estava de camisa branca cuja as mangas estavam dobradas, e era os seus braços grandes, mãos fortes, a pele dele era ruiva, e tinha nos antebraços dele, umas pintinhas de sardas, daquelas que ruivos têm, os pelos dos braços eram meio grande, bonitos, ele parecia ser perfeito em tudo, todas nós ficávamos como encantadas com aqueles braços, mas era tão grandes que dava a impressão que era do nosso tamanho, e ele estava parecendo que queria entrar, mas não podia, parecia ser apertado ali.

Muitas mulheres ficaram com medo, eu podia ler a mente de alguma que pensavam: se ele não for o nosso príncipe e for um homem má, se pegarmos essa criança ele pode nos matar quando entrar.

Então, eu sair do meu lugar, e foi como se minhas mãos fossem levadas, eu levantei as mãos e  peguei a criança da mão dele, e quando ele me entregava o bebê, vinha na minha mente: ele é o nosso príncipe, mas, ele não pode entrar agora porque ainda existe algumas coisas para serem cumpridas.  

Quando ele deixou a criança na minha mão, eu fui tomada por uma alegria e eu sacudia o bebê, jogava para cima, dava tanto pulo de alegria, então, ele puxou os seus  braços e se foi,  só ficou o clarão da luz.  

Dai eu gritei para as mulheres, isto é uma grande vitória, e nestes instantes eu ouvia muitos gritos de vitorias das mulheres, gritos comemoração, ouvia algumas dizerem, oba agora será justiça, outras diziam, agora será mulheres em todos os lados, na policia federal em todos os lados do poder, e muitos sorrisos de felicidades.

E eu ouvia muita comemoração, e grito de júbilos, eu também ouvir uma voz masculina que não era do noivo, que falou alto para que todas ouvissem: As pragas dos piolhos e das moscas já vão começar agora. Então acordei; acordei comemorando e surpresa.

Então o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do esposo.Mateus 25:1

O Discernimento que eu tive foi o seguinte:

Banheiro: A Igreja está muito acomodada na sua zona de conforto, então, vai haver um reboliço para a Igreja se levantar.

A mulher ferida: Serão aqueles que não negarão a sua fé, mesmo que feridos, se arrastando, virão e se lançarão nos pés de Jesus sem se importarem com o que aconteçam ou com o que digam, assim serão curados, restaurados e libertos, descansarão nos braços de Deus.

As mulheres representam a Igreja, que está a esperar pelo seu noivo, o Príncipe o Senhor Jesus.

Apesar de todos estarem esperando, grande parte está olhando na direção errada, estão esperando da forma errada, muitas pessoas estão preocupadas com a aparência, com os enfeite, muitos tem cuidado do corpo, mas tem esquecido de valorizar o que verdadeiramente interessa, a sua alma, Jesus não vai escolher ninguém por sua aparência, mas pelo o que está dentro dessa pessoa.

A igreja sabe que Jesus vai voltar, mas tem perdido tempo com coisas supérfluas, muitos possuem aparência de santidade, mas tem negado a sua eficácia.  

Muitos estão ansiosos para ver o Senhor Jesus, mas da maneira que estão vivendo, serão tomados pelo tremor, quando derem de cara com  a realidade, ficarão paralisados e sem ação ao descobrirem que estavam enganados que a vida que levaram não é da vontade de Deus.

 

Muitos pensam que estão servindo a Deus, mas não estão, e sentirão muito medo naquele grande e terrível dia, não terão nem coragem para olhar para o Senhor Jesus. Muitos, estão esperando Jesus a seu bel prazer, levando uma vida coberta com as vaidades e desejos deste mundo, com as paixões infames, é serão surpreendidos, quando o Noivo vier.

O inimigo não conseguir te paralisar - Por Pra. Elza Carvalho
Não andeis ansiosos - Por Pra. Elza Carvalho
A lei de Deus nunca mudou, o que era no inicío permanece hoje ...
Visão e revelação:Anjo sobre porta do abismo, pragas sobre a terra ...
 

O bebê que foi entregue em minhas mãos significa uma grande vitória para a igreja do Senhor Jesus, nas minhas mãos, porque, eu tive coragem diante de Deus, das forças das trevas, e dos homens.  

Vai haver festa, comemoração, gritos de alegrias, por parte daqueles que esperaram pacientemente pelo agir de Deus.

Antes do noivo voltar

Haverá coisas para serem cumpridas sobre a terra, haverá as pragas, a perseguição da Igreja, a grande tribulação, o anticristo, para que então Jesus volte. Ele só virá depois do cumprimento de todas as profecias da sua palavra.

Creio que este seja o tempo que Deus está dando para a Igreja se consertar de vez, é o tempo em que as profecias irão acontecerem, e os filhos de Deus, de fato, se renderão a Ele. Deus não quer perder os seus para satanás. Porque ainda um pouquinho de tempo, E o que há de vir virá, e não tardará. Hebreus 10:37

Haverá também uma revolução nestes últimos dias, Deus levantará mulheres em diversas áreas nesta Nação, muitas Guerreiras do Senhor terão grandes vitorias.

As pragas dos piolhos, lêndeas e das moscas, já vão começar. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. Mateus 13:9.  Portanto, Ore, Ore, e Ore! Clame, Clame e Clame pelas misericórdias de Deus.

Fonte: Bíblia extraido de onortao.com.br

Pra. Elza Amorim Carvalho

Os abrigos para o fim do mundo construídos para os super-ricos

Os abrigos para o fim do mundo construídos para os super-ricos

Empresas investem em acomodações que protegem "preparados" que querem escapar com requinte de um potencial apocalipse.

O Grande Dia está Chegando e nimguem escapará do Fim pois onde estiver um ser-humano o Senhor irá tratar  Com Ele independentemente do seu poder aquisitivo.

empresário americano Larry Hall sai do elevador e entra em um dos muitos apartamentos de seu recém-construído empreendimento imobiliário.

O espaço é mobiliado de maneira elegante. Hall diz que a qualidade do acabamento e a atenção aos detalhes têm de ser proporcionais à resposta entusiasmada de seus clientes.

"Tive clientes chorando de emoção quando visitaram", conta ele.

Mas há algo incomum nesses apartamentos. Eles estão muitos metros debaixo da terra, em um silo nuclear obsoleto, no meio do Estado americano do Kansas. Trata-se do Survival Condos. São bunkers de luxo para que, nas palavras de Hall, ricos e super-ricos possam não apenas se proteger em caso de uma hecatombe, mas dar prosseguimento a uma rotina bonne vivant.

"Queremos cuidar da proteção física, mas também do bem-estar mental das pessoas".

Quando alguém se refere a "preparados", pessoas (americanas, sobretudo) que investem tempo e dinheiro tentando não serem pegas de surpresa por alguma catástrofe de proporções globais, a imagem clássica é a de indivíduos solitários, vivendo em condições austeras - pense em um indivíduo usando roupas camufladas e enchendo um porão com enlatados.

O medo do apocalipse, porém, parece estar chegado às classes mais altas. Pelo menos a julgar por uma série de empreendimentos nos EUA e na Europa voltados a oferecer para super-ricos uma "chance de escapar do fim do mundo". A companhia americana Vivos, por exemplo, especializou-se em adaptar abrigos nucleares subterrâneos da época da Guerra Fria para as necessidades de consumidores em busca de sobrevivência com requinte.

 

Na Alemanha, a Vivos conta com o Europa One, aproveitando um bunker escavado no interior de uma montanha, que durante a Guerra Fria serviu de depósito de armas e munições do exército soviético. Em vez da aparência austera de instalação militar, o lugar agora conta com 34 aposentos que, segundo a empresa, oferecem proteção contra uma variedade de catástrofes (de desastres nucleares a terremotos). E sem perder o estilo.

Cada aposento tem 2.500m2 de área e poderá ser customizado pelos ocupantes. Nas áres comuns, haverá desde um festival de mimos como bares, restaurantes e canis a serviços como hospital, transporte e segurança. O preço é guardado a sete chaves, até porque os futuros ocupantes serão selecionados através de convites.

A Survival Condo, também aproveitou um resquício dos tempos em que americanos e russos temiam um holocausto nuclear, e a demanda por "preparados" mais endinheirados.

Embora promova o luxo das instalações de seu prédio de 15 andares, o grande chamariz da Survival Condo para seu condomínio de luxo é a robusteza do prédio, incluindo a redoma da cobertura, resistente a ventos de mais 800km/h, de acordo com a brochura eletrônica no site da empresa.

Quando Hall anunciou o empreendimento, o preço dos apartamentos começava em cerca de R$ 4,5 milhões. Ele diz ter vendido 11 dos 12 apartamentos postos à venda - isso porque uma das unidades é para ele e sua família.

"Muitos clientes não querem que os outros saibam que eles têm um bunker, pois pode provocar a mesma reação do que alguém dizer que viu um disco voador", explica o investidor.

Um dos compradores, porém, falou à New Yorker. O empreendedor imobiliário Tyler Allen pagou US$ 3 milhões por um dos apartamentos. Teme conflitos sociais nos EUA e mesmo um surto do vírus Ebola. "Podem me chamar de maluco, mas estou tomando providências para proteger minha família".

Interior de um dos apartamentos do Survival Condo  (Foto: BBC)  

Os ataques de 11 de setembro foram uma tragédia em que Hall enxergou uma oportunidade de negócios. Na época da tragédia, ele era um empreendedor digital e diversas empresas buscaram soluções para salvar seus dados em caso de ataque. Hall teve a ideia de criar um centro de processamento de dados que resistisse a ataques nucleares.

Clientes em potencial mostraram interesse pela ideia, que Hall logo ampliou para abrigos para seres humanos. A instalação no Kansas, desativada nos anos 60, era uma escolha óbvia diante do fato de já vir com proteção contra ataques nucleares, algo bastante cômodo diante dos custos assustadores de criação de um projeto do zero.

Hall, segundo estimativas da mídia americana, gastou dezenas de milhões de dólares para equipar o complexo com tudo o que há de mais moderno em termos de conforto e segurança. O prédio, por exemplo, tem capacidade para sobreviver cinco anos sem contato com o mundo exterior.

E um exército particular é a garantia contra potenciais invasões - comunidades de "preparados" acusaram Hall de discriminação e prometeram insurgir contra o condomínio - a Vivos, por sinal, não se esqueceu deste mercado e conta com uma linha de bunkeres "populares", que podem ser instalados até em quintais (parecem mais contêineres que apartamentos de luxo, diga-se de passagem).

Super-ricos criaram nova demanda para serviços Super-ricos criaram nova demanda para serviços

Super-ricos criaram nova demanda para serviços "pós-apocalípticos" (Foto: BBC)

Hall conta que clientes deixaram de ver os apartamentos apenas como uma espécie de "seguro de vida" e passaram a usar o complexo como residência de veraneio.

Para os mais claustrofóbicos, uma opção parece ser manter distância dos principais centros de poder. Segundo a New Yorker, super-ricos americanos estão investindo na aquisição de terras na Nova Zelândia e mais de 13 mil cidadãos do país declararam interesse de emigrar junto às autoridade neozelandesas desde a eleição de Donald Trump, como parte de um programa de vistos de residência para investimentos mínimos de US$ 1 milhão. O país é geograficamente isolado o suficiente para acalmar os nervos de quem teme tempos turbulentos.

E outra medida de que super-ricos também contemplam o fim do mundo é que, na mesma reportagem da revista americana, o milionário Steve Huffman, fundador da rede social Reddit, conta ter feito uma cirurgia ocular corretora para sua miopia, em 2015, não por uma questão de estética our praticidade. Huffman crê que uma visão melhor calibrada lhe dará mais chance de sobreviver ao terror.

Em vez de Em vez de

Em vez de "contêiner reforçado", abrigos requintados contam com o luxo de uma piscina (Foto: BBC)

"Se o mundo acabar ou tivermos problemas sérios, conseguir óculos ou lentes de contato será um senhor problema".

Fonte G1

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Pink Purple

Body

Background Color
Text Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction